[Série 4 Hábitos] 4º passo: Anunciar sua transformação – Seja testemunha!

0
96
4º passo: Anunciar sua transformação - Seja testemunha!

Texto baseado no livro “4 Hábitos da Alegria Interior” de Pe. Rodrigo Hurtado

Com escolhas de vida maduras e coerentes, com dedicação ao relacionamento com Deus por meio da oração, com o desprendimento e o crescimento espiritual que obtivemos a partir do encontro com Jesus, nossos passos rumo à felicidade serão completados com a missão de anunciar sua transformação. Sim, você deve ser testemunha de tudo que o Senhor realizou e continua a realizar em seu favor. Leia este post e descubra como testemunhar as maravilhas do Senhor em sua vida.

Seja canal de salvação no mundo

Ser um canal de salvação no mundo é permitir que Deus, o protagonista, combata conosco as tendências que tentam nos tornar homens e mulheres egoístas, orgulhosos e fechados em si mesmos. Quando permitimos que Deus mude o nosso coração, saímos do egoísmo para a vida partilhada, e Ele mesmo realiza sua obra de salvação, obra que, por sua vez, consiste em transformar o coração dos homens.

Para salvar o mundo é preciso deixar o Senhor tocar o coração, local de onde sai todo o bem do homem, assim como, toda a maldade. Então, se queremos transformar o mundo atual, precisamos olhar para o nosso mundo interior, nosso coração, e ver se ele está transformado, ou se é ele que primeiro precisa passar por esta obra de transformação. Se você perceber ao menos um pouco dessa obra, significa que Deus já iniciou a salvação do mundo a partir de você.

Seja você a transformação no mundo

Antes de fazermos qualquer revolução para transformar alguma realidade do mundo, devemos sempre relembrar que primeiro essa transformação deve acontecer em nós. Não adianta querer mudar a corrupção na política e não mudar a corrupção pessoal, como por exemplo, quando não se devolve o troco recebido a mais.

De fato, não temos como mudar todo o mundo, mas, às vezes, podemos mudar alguma realidade a nossa volta. Porém, comece a transformação a partir de você mesmo e depois apresente-a aos outros. Foi assim no Pentecostes: Deus transformou o coração dos discípulos e estes partiram para o anúncio, apresentando o Ressuscitado para cada pessoa que encontravam, a começar por Pedro (cf. At 2).

Sempre encontraremos alguém a nossa frente que precisa de transformação, e nós possuímos o que é preciso para que ela aconteça. Temos a Cristo, Aquele que realiza as transformações no coração do homem. Se você conhece pessoas que precisam de mudança, apresente-as a Jesus. É o encontro pessoal com Ele que provocará a conversão da qual necessitam. Ensine-lhes a fé. É você quem pode iniciar as mudanças no mundo a partir de Cristo.

Seja um evangelizador

Ser um evangelizador é falar de Deus, é viver Deus. Então, quando você tiver uma oportunidade de evangelizar uma pessoa não deixe ela passar, aproveite. A evangelização, não necessariamente precisa começar já falando de Deus, mas, às vezes, um simples “bom dia!” ao seu vizinho, ou um sorriso, já é um gesto evangelizador. E, num momento oportuno, pode se tornar um convite para ir a uma missa contigo ou participar de um momento de oração em sua casa, por exemplo.

Uma boa dica para aproveitar as oportunidades para evangelizar é presentear. O ato de dar presentes às pessoas em datas comemorativas é uma grande oportunidade para oferecer produtos de fé como uma Bíblia, um CD, um livro religioso, um terço, etc.

Mas, mais do que presentear, dê testemunho de vida. Tenha coerência entre o que você fala e o que vive. E não se esqueça de ser proativo, pois a fé católica é uma fé proativa, está sempre em movimento cumprindo o mandado do Senhor “ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura” (cf. Mc 16,15).

Vivendo o que Deus quer, mantendo com Ele uma relação de amizade e desprendimento do orgulho e do egoísmo, acolhendo seu plano de amor e de salvação que o leva a ser uma testemunha da fé, você mudará a visão de mundo e, certamente, serás feliz.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here