Assembleia Geral do RC: leigos se despedem e ramos consagrados continuam

0
166

Os delegados leigos que participam da Assembleia Geral do Regnum Christi se despediram no último sábado (1). Agora, os ramos consagrados se reúnem para concluir os trabalhos e, depois, retornam para suas Assembleias e para Capítulo Geral para ratificar as conclusões.

O sábado começou com a Santa Missa, presidida pelo Pe. Alberto Puértolas, L.C, quem convidou os delegados, na homilia, a participarem, todos juntos, em torno à Eucaristia, e pedir ao Senhor luz para continuar os passos dos processo de renovação.

Como todos os dias, em seguida, os participantes foram para a sala capitular para invocar ao Espírito Santo e fazer uma oração inicial antes da primeira sessão. Os delegados continuaram com a reflexão, discussão e análise dos números finais do regulamento dos fiéis associados à Federação do Regnum Christi, o documento para os leigos, tendo como moderador o Pe. Andreas Schöggl, L.C, e contando com a participação do Padre Gianfranco Ghirlanda, S.I., delegado pelo Papa Francisco para acompanhar o processo de renovação do Regnum Christi.

Uma vez que se busca proporcionar momentos de oração para o discernimento que se realiza na Assembleia, todos os dias os delegados participam de uma adoração eucarística, após o almoço.

Durante a tarde, houve as últimas reuniões plenárias com a presença dos leigos do Regnum Christi, que já concluíram sua participação e aprovaram seu regulamento. O elemento constante nas reflexões foi como o Regnum Christi pode cumprir a missão à qual foi chamado e a missão do leigo no mundo e na família espiritual do RC ao lado das demais vocações.

Assembleia continua com ramos consagrados

A partir dessa segunda-feira (3), as sessões da Assembleia Geral extraordinária continuaram com os ramos consagrados (legionários de Cristo, consagradas e leigos consagrados). As orações nesse dia foram pela mãe do Pe. Eduardo Robles-Gil, LC, diretor geral do RC e da Legião de Cristo, Margarita Orvañanos de Robles-Gil, que faleceu no último sábado. O Pe. Eduardo viajou no domingo para o México, para o enterro de sua mãe e voltará a Roma na próxima quarta-feira (5) para as últimas sessões da Assembleia e do Capítulo Geral.

«Cumprir a missão» foi o centro da reflexão que fez o Pe. Carlos Zancajo, LC, na homilia dessa segunda. “A Igreja hoje nos propõe o exemplo de São Francisco Xavier. Morreu aos 46 anos e em 10 anos fez um trabalho intenso em terras afastadas e desprovido de recursos, por isso, é considerado padroeiro da missão”.

Em seguida, os delegados dos ramos consagrados se reuniram em plenária para revisar o comunicado que estão preparando sobre a Assembleia, as obras e a apresentação da Comissão de Acordos que tratará sobre alguns temas.

Pela tarde, os delegados se reuniram por grupos e por territórios, para refletir sobre como eles visualizam a relação entre a Federação, ramos e obras na prática, tendo como cerne da discussão a pergunta: “Como conseguiremos que o Regnum Christi cumpra sua missão, que as seções possam dar frutos e que todas as realidades do RC sejam integradas em um conjunto harmonioso?”. Ao final do dia, eles voltaram para a sala principal e compartilharam as reflexões.

Perfil da Assembleia General

A Assambleia geral é composta por 91 delegados que residem em 14 países: Alemanha, Argentina, Áustria, Brasil, Canadá, Chile, Itália, México, El Salvador, Espanha, Estados Unidos, Filipinas, França e Venezuela, sendo eles:

37 legionários

30 leigos

18 consagradas

6 leigos consagrados

Do Brasil, participam, além dos diretores territoriais, Pe. Cleomar Ferronato, LC. e Elena Bartolomé, os leigos Amandda Souza, Pedro Kropf e Luiz Flávio Azevedo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here