Por: Amandda Souza

No dia 19 de março, aos cuidados de São José, começaram as aulas do Colégio Mão Amiga João Paulo II que atenderá 100 crianças de 3 e 4 anos do Paranoá,  uma das regiões do DF com maior defasagem de escolas por alunos.

O colégio surge de uma parceria com o Centro Social João Paulo II, criado em 1978 e que estava de portas fechadas por não ter como oferecer serviços educacionais para a comunidade. O Colégio Mão Amiga João Paulo II faz parte da Federação Mano Amiga (Internacional), uma instituição cujo objetivo é construir centros de desenvolvimento comunitário em áreas de escassos recursos, onde se formem pessoas em três dimensões: individual, familiar e comunitária. No Brasil, além da nova unidade em Brasília, o colégio também está em São Paulo.

Para a coordenadora de Transformação Social e uma das responsáveis pela escola, Ana Karenina Macedo, transformar a vida das crianças é mudar para melhor uma família e toda a comunidade.  “Pretendemos trazer para comunidade uma oportunidade para as crianças pensarem além do que é ofertado para elas. É uma possibilidade de sonhar alto, de perceber que elas podem ir mais longe”, disse.

Ela explica como a formação integral é capaz de realizar essa mudança. “Com uma educação boa, alimentação balanceada e a formação de valores e virtudes, desde que se empenhe, com disciplina, cada criança poderá ser o que ela quiser. Transformando a vida delas, podemos fazer um mundo um pouco melhor, acolhendo cada família dentro da escola”, conclui.

Objetivo

Com a finalidade de garantir o acesso a um ensino de qualidade às crianças, o Colégio buscará oferecer um estudo formal pautado em altos índices de eficácia. Para isso, conta com um espaço privilegiado, oferecendo um excelente programa de formação em valores, suporte às famílias, aulas de inglês, dança, música e capoeira. É oferecido aos alunos quatro refeições diárias, material didático de alta qualidade, uniforme e infraestrutura comparável à encontrada nas rede privada de ensino.

Saiba Mais

O Colégio Mão Amiga João Paulo II atenderá, inicialmente, educação básica infantil, com crianças de 3 e 4 anos. A cada ano serão abertas novas séries, conforme os alunos avançam um ano.

A região atendida situa-se no Paranoá que possui uma área total de 851,94 Km² dividida em área urbana e uma área rural de grande expressividade. Com a chegada do Paranoá Parque a região duplicou em números de habitantes, mas não teve investimentos em infraestrutura e serviços básicos a serem ofertados para a região. Causando o aumento do número de crianças em idade escolar sem acesso à educação. Aproximadamente 70% da população do Paranoá não tem estudo. Menores de 6 anos fora da escola representam 5,84% desse dado.

Hoje, o Colégio atende a 100 crianças oriundas predominantemente de famílias de classes D e E. Os alunos têm idade entre 3 e 4 anos (Ensino Infantil), e são todos bolsistas 100% de gratuidade. Todos os alunos comprovaram renda familiar per capita de no máximo um salário e meio por mês e alguns foram indicados diretamente pelo Conselho Tutelar e pelo Ministério Público.

Doações 

Você pode apadrinhar uma criança ou fazer doações materiais e assim fazer possível a transformação da comunidade!

Como?

Entre em contato pelo número:

(61)981482233 – Ana Karenina Macedo

ou pelo email: maoamigajp2@gmail.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here