Novena de Cristo Rei 2018

0
475

+Venha a nós o vosso Reino!

NOVENA DE CRISTO REI

16 a 24 de novembro de 2018

Oração inicial (todos os dias)

Guia: Senhor Jesus, Rei do universo, queremos abrir nosso espírito, nesta novena consagrada a ti, para contemplar, com a mente e o coração, os tesouros de teu Reino. Pedimos a ti, por intercessão de Maria, que estabeleças teu reinado em nossos corações e ajude-nos a seguir-te e a dar testemunho de ti com toda nossa existência.

Sexta-feira, 16 de novembro de 2018

Guia: O Reino de Teu sagrado coração é um reino eterno.

“O meu Reino não é deste mundo. Se o meu Reino fosse deste mundo, os meus súditos certamente teriam pelejado para que eu não fosse entregue aos judeus. Mas o meu Reino não é deste mundo.”(Jo 18, 36)

Leitor: Onde se faz a vontade de Deus já existe o céu, começa também na terra um pouco de céu, e onde for feita a vontade de Deus está presente o Reino de Deus. Pois o Reino de Deus não é uma série de coisas, o Reino de Deus é a presença de Deus, a união do homem com Deus. Bento XVI. Homilia, 5 de fevereiro de 2006.

Sábado, 17 de novembro de 2018

Guia:O Reino de Teu sagrado coração é um reino universal.

“Feliz daquele que se sentar à mesa no Reino de Deus!” (Lc 14,15)

Leitor: A bondade de Deus não conhece confins e não discrimina ninguém: por isso, a festa dos dons do Senhor é universal para todos! A todos é oferecida a possibilidade de responder ao seu convite, ao seu chamado. Todos nós somos chamados a não reduzir o Reino de Deus. Só há uma condição: revestir-se com o hábito nupcial, ou seja, dar testemunho da caridade para com Deus e com o próximo. Papa Francisco. Angelus, 12 de outubro de 2014.

Domingo, 18 de novembro de 2018

Guia: O Reino de Teu sagrado coração é um reino da verdade.

“É para dar testemunho da verdade que nasci e vim ao mundo. Todo o que é da verdade ouve a minha voz.” (Jo 18, 37)

Leitor.Mas qual é a “verdade” que Cristo veio testemunhar no mundo? Toda a sua existência revela que Deus é amor: portanto, é esta a verdade da qual Ele deu testemunho pleno com o sacrifício da sua própria vida no Calvário. É necessário que cada pessoa acolha livremente a verdade do amor de Deus. Ele é Amor e Verdade, e quer o amor quer a verdade nunca se impõem: batem à porta do coração e da mente e, onde podem entrar, trazem paz e alegria. É este o modo de reinar de Deus; este é o seu projeto de salvação, um “mistério” no sentido bíblico da palavra, isto é, um desígnio que se revela pouco a pouco na história. Bento XVI. Angelus, 26 de novembro de 2006.

Segunda-feira, 19 de novembro de 2018

Guia:O Reino de Teu sagrado coração é um reino de vida.

“Eu vim para que as ovelhas tenham vida e para que a tenham em abundância.” (Jo 10,10)

Leitor: Aonde chega Jesus, o Espírito criador leva vida e os homens são curados das doenças do corpo e do espírito. O senhorio de Deus manifesta-se então na cura integral do homem. Com isto Jesus quer revelar o rosto do verdadeiro Deus, o Deus próximo, cheio de misericórdia por todos os seres humanos; o Deus que nos faz o dom da vida em abundância, da sua própria vida. O reino de Deus é, portanto, a vida que se afirma sobre a morte, a luz da verdade que dissipa as trevas da ignorância e da mentira. Bento XVI. Angelus, 27 de janeiro de 2008.

Terça-feira, 20 de novembro de 2018

Guia: O Reino de teu sagrado coração é um reino de santidade.

“Sede misericordiosos, como também vosso Pai é misericordioso.” (Lc 6,36)

Leitor: A medida da santidade é dada pela estatura que Cristo alcança em nós, desde quando, com a força do Espírito Santo, modelamos toda a nossa vida sobre a Sua. Assim, cada santo é uma mensagem que o Espírito Santo extrai da riqueza de Jesus Cristo e dá ao seu povo. Papa Francisco. Gaudete et exultate, 21.

Quarta-feira, 21 de novembro de 2018

Guia:O Reino de Teu sagrado coração é um reino de graça.

“Se conhecesses o dom de Deus, e quem é que te diz: Dá-me de beber, certamente lhe pedirias tu mesma e ele te daria uma água viva.” (Jo 4, 10)

Leitor:Só a partir do dom de Deus, livremente acolhido e humildemente recebido, é que podemos cooperar com os nossos esforços para nos deixarmos transformar cada vez mais. A primeira coisa é pertencer a Deus. Trata-se de nos oferecermos a Ele que nos antecipa, de Lhe oferecermos as nossas capacidades, o nosso esforço, a nossa luta contra o mal e a nossa criatividade, para que o seu dom gratuito cresça e se desenvolva em nós: “por isso, vos exorto, irmãos, pela misericórdia de Deus, a que ofereçais os vossos corpos como sacrifício vivo, santo, agradável a Deus” (Rm 12, 1). Aliás, a Igreja sempre ensinou que só a caridade torna possível o crescimento na vida da graça, porque, “se não tiver amor, nada sou” (1 Cor 13, 2). Papa Francisco. Gaudete et exultate, 56.

Quinta-feira, 22 de novembro de 2018

Guia: O Reino de Teu sagrado coração é um reino de justiça.

“Em verdade eu vos declaro: todas as vezes que fizestes isso a um destes meus irmãos mais pequeninos, foi a mim mesmo que o fizestes.” (Mt 25, 40)

Leitor: Essa justiça começa por se tornar realidade na vida de cada um, sendo justo nas próprias decisões e, depois, manifesta-se na busca da justiça para os pobres e vulneráveis. É verdade que a palavra “justiça” pode ser sinônimo de fidelidade à vontade de Deus com toda a nossa vida, mas, se lhe dermos um sentido muito geral, esquecemo-nos que se manifesta especialmente na justiça com os desamparados: “procurai o que é justo, socorrei os oprimidos, fazei justiça aos órfãos, defendei as viúvas” (Is 1, 17). Papa Francisco. Gaudete et exultate, 79.

Sexta-feira, 23 de novembro de 2018

Guia: O Reino de Teu sagrado coração é um reino de amor.

“Dou-vos um novo mandamento: Amai-vos uns aos outros. Como eu vos tenho amado, assim também vós deveis amar-vos uns aos outros.” (Jo 13, 34)

Leitor: É possível amar com o amor incondicional do Senhor, porque o Ressuscitado partilha a Sua vida poderosa com as nossas vidas frágeis: “o seu amor não tem limites e, uma vez doado, nunca volta atrás. Foi incondicional e permaneceu fiel. Amar assim não é fácil, porque muitas vezes somos tão frágeis; mas, precisamente para podermos amar como Ele nos amou, Cristo partilha conosco a sua própria vida ressuscitada. Desta forma, a nossa vida demonstra o seu poder em ação, inclusive no meio da fragilidade humana”. Papa Francisco. Gaudete et exultate, 18.

Sábado, 24 de novembro de 2018

Guia: O Reino de Teu sagrado coração é um reino de paz.

“Deixo-vos a paz, dou-vos a minha paz” (Jo 14, 27)

Leitor: Os pacíficos são fonte de paz, constroem paz e amizade social. Àqueles que cuidam de semear a paz por todo o lado, Jesus faz-lhes uma promessa maravilhosa: “serão chamados filhos de Deus” (Mt 5, 9). Aos discípulos, pedia-lhes que, ao chegar a uma casa, dissessem: “a paz esteja nesta casa!” (Lc 10, 5). A Palavra de Deus exorta cada crente a procurar, juntamente “com todos”, a paz (cf. 2 Tim 2, 22), pois “é com a paz que uma colheita de justiça é semeada pelos obreiros da paz” (Tg 3, 18). E na nossa comunidade, se alguma vez tivermos dúvidas acerca do que se deve fazer, “procuremos aquilo que leva à paz” (Rm 14, 19), porque a unidade é superior ao conflito. Papa Francisco. Gaudete et exultate, 88.

Oração final (todos os dias)

Guia: Senhor Jesus, vem reinar na Igreja, no Regnum Christi, em nossas famílias, em nossas vidas. Concede-nos acolher teu Reino com sensibilidade, a vivê-lo com valentia e a transmiti-lo com entusiasmo renovado

Cristo Rei Nosso!

R: Venha a nós o vosso Reino!

Para baixar a novena, clique aqui

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here