Você sabe qual é o fim de todas as escolhas?

0
89
Você sabe qual é o fim de todas as escolhas?

Tomar uma decisão nem sempre é algo fácil e tranquilo de se fazer. Às vezes ela se apresenta carregada de responsabilidades, o que nos enche de temor. Saber discernir o que é melhor para nós ou para aqueles que amamos não é uma tarefa fácil. Se compreendemos qual é o fim de todas as escolhas, muito provavelmente teremos mais atenção e coragem para – na hora de uma decisão – assumirmos suas possíveis consequências, sejam elas diretas ou indiretas.  Saiba qual a finalidade de suas escolhas e como elas podem te levar à felicidade.

Entenda o por que fazer escolhas

O ensinamento de Jesus no evangelho sem dúvidas é um caminho para a felicidade. Ele ensinava como quem tem autoridade (cf. Mt 7,29). Ele apontava aos seus discípulos os caminhos para a verdadeira alegria a partir das escolhas que deveriam fazer.  

Logo no início de sua vida pública, apresentou-lhes alguns dos caminhos que os conduziram ao que tanto esperavam. Disse-lhes que felizes são os pobres de espírito, os perseguidos, os que choram, os que trabalham pela paz, os que têm misericórdia, os puros  de coração (cf. Mt 5,1-12). Mas, também não os deixou sem respostas diante das escolhas que faziam, prometeu-lhes um bem, um bem que não era para esta vida, um bem para a vida eterna. Prometeu-lhes o Reino dos Céus (cf. Mt 5,10).

Atualmente, vivemos em uma sociedade onde optar pelos caminhos do Senhor parece ilusão, utopia ou até alienação. Para algumas pessoas a escolha pelo evangelho de Cristo tornou-se uma seletiva. Sim, uma seletiva que contém apenas o que lhe fará bem, ou com aquilo que achar conveniente escolher. Escolhem do Evangelho apenas o que gostam e esquecem do essencial: Jesus. Isso é uma armadilha que pode tornar obscurecida a nossa visão acerca do Evangelho e nos impedir de ver com clareza a mensagem de Jesus. Acreditar na força do evangelho poderá revolucionar nossas vidas, transformando-as; fazendo-nos realizar escolhas certas que nos levam pelos caminhos da felicidade.

Fazer tudo para ser feliz

Nada do que fazemos está a parte do nosso desejo de ser feliz. Quando escolhemos estudar uma carreira, quando decidimos casar, quando optamos por fazer uma viagem e etc. Todas essas escolhas trazem em si o desejo de obter sentimentos de satisfação. Em vista disso, somos capazes de realizar muitas coisas. Basta olharmos para a história da humanidade, veremos quantas pessoas foram capazes de levantar cidades, cruzar mares e conquistar impérios para se sentirem felizes. Desse modo, os cristãos foram capazes de renunciar a realização de sua própria vontade para realizar o plano de Deus em suas vidas, mesmo que esta lhe custasse perder a vida. Enfim,  todas as nossas escolhas são movidas pela felicidade.

Ser feliz é o que todos querem e nós, cristãos, não estamos à mercê disso. Também desejamos esse deleite, pois o próprio Deus prometeu isso àqueles que o seguissem e praticassem as virtudes da caridade e do serviço ao próximo (cf. Jo 13,17). Contudo, corremos o risco de nos deixarmos seduzir pela publicidade que prega a felicidade como um bem de consumo, como se tudo o que nos é apresentado fosse, de fato, uma necessidade a qual devemos suprir. Vivendo assim estaremos vivendo a tentação do consumismo e corremos um sério perigo: o de achar que a felicidade está realmente naquilo que o mundo pode nos oferecer.

São Tiago nos ensina que a felicidade do homem passa pela perseverança diante da provação e pelo prêmio da coroa da vida que Deus prometeu aos que o amam. Ele ainda nos diz que é “feliz aquele que passa pela provação” (cf. Tg 1,2). Mas, qual o segredo da felicidade?

Descobrindo  o segredo

O segredo: o amor de Deus. É o amor de Deus que nos salva dos perigos do mundo. É o amor de Deus que nos leva a sairmos de nós mesmos em vista do outro. É o amor de Deus que mexe com todo nosso interior e provoca uma verdadeira revolução, capaz de nos lançar a enfrentar as provações mais difíceis e dolorosas da vida. É também o amor de Deus que, suavemente, adentra em nosso coração e vai pouco a pouco nos seduzindo, nos ensinando a amar como Ele ama e a nos permitindo descobrir e viver dia a dia este segredo. É o amor de Deus que não nos cobra nada, apenas nos ama gratuitamente.

Quem ama descobriu a felicidade. Não temos outro destino. Ela é o nosso destino. O amor de Deus é nossa felicidade. Quem encontrou esse tesouro sabe que ele é o fim de todas as escolhas realizadas no decorrer de toda a vida. Ame mais a Deus, e seja feliz.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here