Sacerdote: amigo de Deus, amigos dos homens

0
467
Sacerdote: amigo

“O sacerdote é o amor do coração de Jesus. Quando virdes um padre, pensai em Nosso Senhor Jesus Cristo” (São João Maria Vianney)
Escutar o chamado de Deus e segui-Lo, como um sacerdote amigo dele, requer intimidade e uma abertura interior que somente uma amizade verdadeira pode proporcionar. Jesus Cristo chama cada padre de forma pessoal. E todo o esforço deles para cultivar a amizade com Deus traz como consequência uma verdadeira amizade com os homens.

Quando se convive mais de perto com os sacerdotes, percebemos que eles são, assim como nós, pessoas normais, com suas virtudes e limites. No entanto, são homens que estão constantemente buscando a santidade, vencer os próprios defeitos e ajudam os demais a vencer os seus. Isso é inspirador e nos faz ver que realmente o mais importante é o esforço real para estar perto de Deus.

Leia também: Direção Espiritual: Entenda porque ela é tão importante

Um amigo de verdade

Encontramos em um sacerdote um amigo fiel: um amigo com o qual podemos conversar sobre os mais diversos assuntos, desde problemas com namorado, marido, irmão, amigo até as mais difíceis crises de fé. É possível falar sobre tudo que temos no coração com a certeza de não estar sendo julgado, e sim compreendido, com a certeza de conversar com alguém que não busca os próprios interesses e sim, a vontade de Deus.

Além disso, como com qualquer outro amigo, uma amizade com um sacerdote não sobrevive apenas de conversas profundas e significativas, mas também de momentos de descontração, participando dos mesmos eventos e compartilhando momentos alegres e divertidos. É trazer o céu para mais perto de nós.

O padre é humano… homem que participa do dinamismo existencial da mesma humanidade, de corpo e alma; é um irmão da mesma condição natural. Por isso, tem sentimentos, se emociona, se chateia, se apaixona, sonha e vibra; é frágil, erra, peca, se contradiz, aprende… (cf. Hb 5,1; 7,27). (…) Precisa de orações, apoio, perdão, colaboração! Por isso, pode ser amigo, manifestar afeto, estar com seus semelhantes, se divertir, cultivar amizades”. (Padre Antônio de Assis Ribeiro)

Leia também: O que os santos ensinam sobre a amizade com Deus?

Gostou? Compartilhe com os seus contatos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here