Santa Sé aprova Consagradas e Leigos Consagrados do Regnum Christi como Sociedades de Vida Apostólica 

0
290

A Santa Sé, por meio do Monsenhor José Rodríguez Carballo, O.F.M., secretário da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica, entregou para as Consagradas e para os Leigos Consagrados do Regnum Christi os decretos pontifícios que os reconhecem canonicamente como Sociedades de Vida Apostólica* e que aprovam suas Constituições. Com esse reconhecimento oficial, a Igreja expressa que a Consagradas e os Leigos Consagrados do Regnum Christi são reconhecidos como um dom que contribui com a missão da própria Igreja e como um caminho para o encontro dos homens com Deus. Além disso, o reconhecimento canônico é uma etapa necessária para que, junto com os Legionários de Cristo, possam constituir uma federação, à qual os leigos poderão associar-se individualmente.

Os decretos pontifícios foram entregues após a missa de abertura da segunda parte da Assembleia Geral do Regnum Christi, realizada na última terça-feira (27), na qual Legionários de Cristo, consagradas, leigos consagrados e leigos se reúnem para dar seguimento ao processo de revisão dos Estatutos da Federação Regnum Christi. Essas aprovações fazem parte da última etapa do caminho de renovação que todo o conjunto do Movimento percorre, desde 2010, sob a condução da Igreja. Ao concluir essa última etapa, será apresentado para aprovação final da Santa Sé um Estatuto Geral para o Regnum Christi. Após a missa, houve um jantar em família para celebrar.

“Unam-se, pois o carisma é um” 

Na homilia da Missa inaugural, Monsenhor José Rodríguez Carballo, O.F.M. recordou: “Ninguém dentre vocês poderá desenvolver sua missão isoladamente, nenhum do vocês, nem os legionários, nem as consagradas, nem os leigos consagrados… Este primeiro passo em que foram erigidas duas sociedades de vida apostólica culminará com um passo seguinte no dia em que, juridicamente, se associem como federação que é outra forma de dizer como família. Sempre lhes repetirei: “unam-se”, pois o carisma é um, ainda que as maneiras de o desenvolver e viver sejam diferentes.“

Monsenhor José Rodríguez Carballo, O.F.M. também felicitou aos membros dos ramos: “Felicidades e que, a partir deste momento, o Regnum Christi continue a trabalhar, se ainda é possível, com mais força como uma família unida em Cristo e no mesmo carisma. Contem sempre uns com outros e outras com a ajuda da Mãe Igreja, que certamente lhes dará a mão como lhes deu até hoje em qualquer momento e circunstância.”

Agradecidos a Deus 

Ao término da Missa, Monsenhor José Rodríguez Carballo, O.F.M. entregou os dois decretos de aprovação aos diretores gerais das Consagradas e dos Leigos Consagrados.

“A notícia do reconhecimento canônico nos enche de alegria e chega em um momento providencial”, afirmou Glória Rodríguez, diretora geral das Consagradas do Regnum Christi. ”No próximo dia 8 de dezembro, iniciaremos o ano jubilar de preparação para o 50° aniversário de consagração das três primeiras consagradas do Regnum Christi – Margarita Estrada, Graciela y Guadalupe Magaña – às quais, pouco depois, se uniram Patricia Bannon y Fátima Portillo”, relembrado em uma carta a todas as consagradas; “sentimo-nos pedras vivas da Igreja, que nos reconhece como uma Sociedade de Vida Apostólica que colabora no serviço da missão universal que recebeu por parte de Cristo”, concluiu.

“Devemos sentir-nos muito agradecidos com Deus, em primeiro lugar, com toda a Igreja, que nos acompanhou nestes anos, e com todos os membros do Regnum Christi, aos quais consideramos nossos irmãos” afirmou o responsável geral dos Leigos Consagrados do Regnum Christi, Jorge López. “Com este passo, queremos expressar, uma vez mais, que nos sentimos plenamente membros do Regnum Christi”, concluiu.

Elena Bartolomé, diretora territorial das consagradas no Brasil também falou sobre o reconhecimento da Igreja:

*Sociedade de Vida Apostólica é um grupo de homens ou mulheres que busca uma vida fraterna em comum, com uma finalidade apostólica particular. Os ramos consagrados do Regnum Christi foram erigidos como SVA assumindo os Conselhos Evangélicos de castidade, pobreza e obediência Este tipo de organização está caracterizada no Código de Direito Canônico, nos cânones 731 a 746. Fazem parte do Dicastério para a vida consagrada. 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here