Seminário Maria Mater Ecclesiae tem seus Estatutos aprovados pela Congregação para o Clero

0
1603

No dia 19 de outubro, a Congregação para o Clero aprovou os Estatutos do Seminário Maria Mater Ecclesiae. Com esta aprovação, esse dicastério confirma o caminho formativo que – junto com as dioceses associadas – está sendo realizado no Mater Ecclesiae, em conformidade com as indicações da Ratio Fundamentalis e as Diretrizes da CNBB e vincula ainda mais este seminário à competência da Congregação para o Clero, que definiu o texto apresentado como “um instrumento qualificado para o discernimento, acompanhamento e formação dos seminaristas, assim como para o cultivo das vocações ao clero diocesano, visando uma formação integral e a capacitação para o exercício do ministério sacerdotal”.

O texto dos Estatutos do Seminário Maria Mater Ecclesiæ do Brasil foi apresentado ao Diretor Geral dos Legionários de Cristo, Pe. John Connor, LC, para a sua aprovação, confirmada definitivamente mediante o Decreto de Aprovação do Emmo. Senhor Cardeal, Dom Lazzaro You Heung-sik, Prefeito da Sagrada Congregação para o Clero.

Pe. André Delvaux, LC, diretor territorial dos Legionários de Cristo, destaca a importância dessa notícia. “Demos graças a Deus por este novo passo no processo de institucionalização desta obra da Legião e pedimos ao Senhor que nos permita cada vez mais colaborar com a Igreja do Brasil na formação dos futuros sacerdotes”, disse.

O Seminário Maria Mater Ecclesiae tem atualmente 65 seminaristas de seis dioceses. Ao longo de sua fundação,
350 sacerdotes ex-alunos pertencentes a 34 diferentes dioceses brasileiras e seis institutos de vida consagrada ou congregações religiosas, incluindo alguns Legionários de Cristo, já fizeram parte de seus estudos na instituição.

Histórico

No ano de 1998, com o consentimento do então Papa São João Paulo II, um grupo de Bispos brasileiros, encabeçados pelo então Presidente da CNBB e Primaz do Brasil, S. Ema. Revma. Dom Lucas, Card. Moreira Neves pediram a instalação de um Seminário Maria Mater Ecclesiæ no Brasil.

Comunidade na época da fundação

O Seminário Maria Mater Ecclesiæ começou suas atividades no Brasil no dia 25 de março de 2000. Nos primeiros anos, o Seminário esteve alojado no centro de formação dos Legionários de Cristo situado na localidade de Arujá-SP.

No dia 08 de agosto de 2005, no começo do Pontificado de S.S. Bento XVI, o então Núncio Apostólico no Brasil, S. Ex. Revma. Dom Lorenzo Baldisseri, abençoou a sede atual do Seminário Maria Mater Ecclesiæ do Brasil, situada no município de Itapecerica da Serra – SP.

Em 2017, o Mater Ecclesiae foi afiliado à faculdade de Teologia do Ateneu Pontifício Regina Apostolorum, ano em que foi erigido também o Instituto Teológico Maria Mater Ecclesiae (ITMME)  e, no ano de 2020, foi afilhado à Faculdade de Filosofia do mesmo Ateneu Pontifício Regina Apostolorum de Roma.

Atual comunidade do Mater

Atualmente, a equipe de formadores é composta por:

Pe. Pierre Salabert Penna, LC – Reitor;
Pe. Paulo César Valentini, LC – Vice-reitor e formador da teologia;
Pe. Antônio Dubena, LC – Administrador;
Pe. Sergio Ricardo Espinoza, LC – formador da filosofia;
Pe. Daniel Anselmo Preciado, LC – formador da filosofia;
Pe. Bruno Atila Do Espirito Santo, LC – Prefeito de Estudos e Diretor do Instituto Teológico Maria Mater Ecclesiae (ITMME);
Pe. José Bolívar LaBoy, LC – Diretor Espiritual e professor no ITMME;
Pe. Cassio Barros Neto, LC – Diretor Espiritual e professor no ITMME;
Pe. Fintan Lawless, LC – Diretor Espiritual e professor no ITMME;
Pe. Javier Sicilia, LC – Diretor Espiritual e professor no ITMME;
Pe. Ediclei Araújo, LC – Diretor Espiritual e professor no ITMME e Secretário Geral na Faculdade de Direito Canónico da Arquidiocese de São Paulo.

Há outros cinco padres realizando seus estudos de doutorado e especialização, preparando-se para vir a colaborar no Seminário e no Instituto Teológico.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here