Uma aliança com Deus e entre nós: entram em vigor os Estatutos da Federação Regnum Christi

0
414

“Podemos considerar a Federação Regnum Christi como aliança com Deus e entre nós”. O recém colégio diretivo geral da Federação Regnum Christi publicou uma carta na qual destaca-se o sentido profundo de constituir uma Federação e informa as primeiras decisões tomadas no dia 16 de setembro.

Com motivo da entrada em vigor dos novos Estatutos da Federação Regnum Christi (EFRC) no dia 15 de setembro, segundo estabelecido no EFRC 76, entrou em função o colégio diretivo geral que está formado pelo padre Eduardo Robles-Gil, diretor geral dos Legionários de Cristo, Gloria Rodríguez, diretora geral das Consagradas do Regnum Christi e Jorge López, diretor geral dos leigos Consagrados do Regnum Christi. O colégio diretivo geral tomou as primeiras decisões no dia 16 para dar início ao novo governo e implementar gradualmente os Estatutos e divulgou uma carta no dia de hoje.

No carta, o colégio diretivo geral informa de as primeiras decisões tomadas, como a nomeação dos leigos que participarão no próprio colégio diretivo geral e na plenária geral, a promulgação do Regulamento dos fieis associados à Federação e do Regulamento geral da Federação Regnum Christi, a designação de Gloria Rodríguez como vice-presidente do colégio diretivo geral, do Pe. Andreas Schöggl, como secretário geral da Federação e do Pe. José Cárdenas como administrador geral, entre outras decisões.

Depois de nove anos de processo, os novos Estatutos foram aprovados por unanimidade no Capítulo e Assembleias Gerais de 2018, e definitivamente pela Santa Sé no dia 11 de junho de 2019 ad experimentum por cinco anos.

Os leigos que participam dos órgãos gerais do Governo da Federação Regnum Christi

Na sua primeira reunião, o colégio diretivo geral nomeou os leigos que participarão assistindo com voto consultivo aos órgãos de governo da Federação Regnum Christi a nível geral (EFRC 77).

No colégio diretivo geral participam dois leigos; Álvaro Abellán, da Espanha, e Francisco Gámez, da Venezuela, que atualmente vive no Canadá e participou do governo geral durante o processo de desenvolvimento e aprovação dos Estatutos da Federação Regnum Christi. Na plenária geral do Regnum Christi, participam também: Carmen Fernández, espanhola, Kerrie Rivard, canadense que mora nos Estados Unidos da América, e José Antonio Lebrija e David Zárate, do México.

Federação vem do latim foedus, que significa “aliança”, que vem “do Alto”

Na carta, o colégio geral explica o que significa uma Federação e convida a todos a uma compreensão mais profunda da expressão jurídica do Regnum Christi como Federação: uma aliança com Deus e entre nós.

“Desde um ponto de vista espiritual, cabe destacar que esta Federação, além de ser uma aliança entre pessoas, é uma aliança com o Senhor, vem ‘do Alto’. Por isso, a palavra ‘federação’ vem da palavra latina foedus (aliança, em hebreo berit), um dos conceitos centrais da história da salvação. Pela Aliança, selada com o sangue de Cristo, Deus quer levar os homens a uma vida de comunhão com Ele. De maneira análoga, podemos considerar a Federação Regnum Christi como ‘aliança’ com Deus e entre nós. Deus queira que seja um caminho duradouro e fecundo, que o Regnum Christi siga sendo um meio de santificação para todos nós, uma benção ‘para todas as nações da terra’ e uma contribuição para que a Igreja siga gerando muitos filhos para o Reino de Deus. Esta perspectiva também nos ajudará a sobrelevar as tensões que são inevitáveis em qualquer organização”.  

Leia carta na íntegra: https://regnumchristi.com.br/wp-content/uploads/2019/09/Carta-a-todo-RC-sobre-inicio-da-FRC.pdf

Os documentos podem ser encontrados, em português, no site do Regnum Christi Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here