Dia das mães no Regnum Christi – O que sua mãe representa para você na sua vida?

0
1369

Hoje celebramos o dia das mães no Brasil e, por isso, gostaríamos de homenagear, algumas das mães das Consagradas, dos Leigos Consagrados do Regnum Christi e de alguns sacerdotes Legionários de Cristo. Em nome delas, homenageamos todas as demais mães, que a exemplo de Nossa Senhora, também deram seu sim a Cristo, seja pela vocação de um filho ou uma filha à vida consagrada, seja por sua entrega diária ao Regnum Christi, como leigas. Feliz dia das mães!

Perguntamos a algumas consagradas, leigos consagrados e alguns legionários:

“O que sua mãe representa para você na sua vida?

Andressa Nery, Consagrada do Regnum Christi, fala sobre sua mãe, Liége Nery Garrafiel: 

“Minha mãe para mim representa o amor delicado de Maria. Ela é para mim um exemplo de entrega diária, de um coração bondoso que busca a Deus, de um olhar que sempre vê o lado bom da vida e das pessoas. É também para mim uma grande fortaleza, uma pessoa cheia de esperança e muito criativa. É um presente de Deus, uma mulher de fé que me ensina muito com as pequenas e grandes coisas”

Kathia Maria, Consagrada do Regnum Christi, fala sobre sua mãe, Christina Maria Oliveira Rocha da Silva:

“Minha mãe representa muito na minha vida. Com seu exemplo de nunca deixar nada que inicia sem terminar, de buscar a perfeição em tudo e de lutar para que nós, seus filhos, sempre tivéssemos o melhor. Ela nunca temeu o trabalho que lhe implicava inúmeros sacrifícios, sempre cuidando para que em nossa mesa tivéssemos o que mais gostávamos. Ela era muito criativa quando tínhamos pouco, cuidadosa em todos os detalhes, deixando assim, um legado e um exemplo a seguir no seu cuidado com todos os seus seis filhos. Amo muito minha mãe assim, dengosa, agora com seus 80 anos, que precisa de mais cuidados, paciência, carinho, atenção e amor, não só pelas suas limitações, mas por sua idade”

Kate O’Connor, Diretora Territorial das Consagradas no Brasil, fala sobre sua mãe, Cécile O’Connor:

“Você é minha inspiração de mulher forte e corajosa, sábia e cheio de ternura. Agradeço-lhe por sua paciência, orações, presença e o apoio incondicional na minha vida!”

 

Daniel Bizzo, Leigo Consagrado do Regnum Christi, fala sobre sua mãe, Patrícia Bizzo:

“Minha mãe representa para mim a presença de Maria em minha vida, especialmente, sua ternura e doçura. Ela é o meu apoio e minha base na minha vida de cristão. Ela é essa figura discreta e humilde, mas sempre presente e que dá uma grande força em tudo, principalmente, no meu caminho de santidade e na minha vocação!”

Ignacio Vivar, Leigo Consagrado do Regnum Christi, fala sobre sua mãe, Consuelo Mateo Hergueta: 

“Minha mãe representa para mim algo muito especial e único. Ela me deu a vida, me mostrou a fé e me ensinou amar a Deus e sua Vontade. Era uma pessoa muito alegre, que amava a vida, seu esposo e seus seis filhos. Uma pessoa que amava a Deus acima de tudo e que, desde muito pequena, quis ser filha de Maria. Mamãe, te quero muito e me lembro muito de você”

Ir. Thiago Loran, LC, religioso em formação, fala sobre sua mãe:

“Ao pensar em minha mãe, dou graças a Deus. Se me é possível definir com uma palavra seu papel na família, penso que ela seja o coração: um coração que ama a Deus, amando  seu esposo e seus filhos. Um coração que transborda de amor e que, por isso mesmo, é simples e autêntico, sem meias palavras. Um coração que deseja o Céu para si e para os demais”

Pe. Chan Dinh, LC, fala sobre sua mãe, Maria Tam Dinh: 

“Minha mãe foi viúva com 40 anos e teve que alimentar e educar nove filhos. Ela nos educava com os seus testemunhos e palavras sábias e nunca deixava falta nada em casa. De onde tirava força e sabedoria para tomar decisões difíceis? Ela teve que dividir a família em quatro diferentes fugas para que encontrássemos liberdade fora do Vietnã— um país comunista ainda nos dias de hoje. Havia três possibilidades para a nossa fuga: prisão, morte pelos piratas e tempestade ou liberdade. Minha mãe era uma mulher de oração, de missa diária, sempre às 5h30. Ela cumpriu a missão dela dada por Deus com este único objetivo: tudo por Cristo, com Cristo, e em Cristo”

Pe. Cleomar Ferronato, LC, Diretor Territorial dos Legionários de Cristo no Brasil, fala sobre sua mãe, Nair Ferronato: 

“Para mim, a minha mãe sempre foi uma presença silenciosa, mas com muita força. Sempre vi nela uma pessoa sacrificada que se entregada muito, com uma grande fé em Deus e que fez tudo pela família. Muitas das minhas fortalezas têm nela a sua inspiração. Tenho muito que agradecê-la”

Para ver a campanha completa do Dia das Mães, acesse o Instagram do Regnum Christi Brasil: @regnumchristibrasil

 

 

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here