Legionários de Cristo realizam candidatado em Arujá/SP com jovens em discernimento vocacional

0
471

Em cada verão, alguns jovens fazem a experiência do candidatado dentro da Congregação dos Legionários de Cristo. Mas, o que é o candidatado? Trata-se de um período de dois meses, onde eles vivem, de modo mais profundo, a experiência da vida de oração, de aprendizado de novos hábitos de vida legionária e da vida em comunidade, elemento essencial para toda vida religiosa.

Neste ano, este momento especial de discernimento iniciou-se em janeiro e irá até março. Ao todo, participam 7 jovens, provenientes de São Paulo, do Paraná e do Rio de Janeiro. Dois deles foram estudantes do Centro Vocacional (Apostólica) de Curitiba. O Pe. Danilo Stradiotto, LC e o diácono Pedro Leal, LC os acompanham neste processo.

Saiba mais como funciona o candidatado

Mais importante que entender o que é o candidatado, é saber quem é o «candidato»? É o jovem que sente um possível chamado de Deus ao sacerdócio dentro dos Legionários de Cristo.

Como isso acontece? Os caminhos são variados: há os que conhecem a congregação na internet e outros que, dentro de um discernimento nas suas paróquias, seções ou localidades, são convidados pelos mesmos legionários a iniciar um processo de discernimento.

Antes da decisão de iniciar o candidatado, cada jovem é acompanhado espiritualmente por um sacerdote legionário da localidade mais próxima de onde vive ou por um padre dedicado à promoção vocacional. Além disso, deve participar de algumas convivências vocacionais no Seminário, em Arujá/SP. O tempo de acompanhamento varia segundo cada pessoa, da própria decisão livre e da avaliação do promotor vocacional.

O que se busca com nestes dois meses de discernimento? A finalidade do candidatado é realizar uma primeira verificação dos indícios de um possível chamado.

Após o candidatado, qual é o próximo passo? Se esta inquietude do jovem se mantiver viva neste período, se o jovem possuir de maneira suficiente, algumas qualidades necessárias para a vida religiosa legionária (como aparecem nas Constituições da Congregação, CLC 66) e, se não houver impedimentos evidentes segundo o Direito Canônico (CDC cc. 241 e 643), o jovem poderá iniciar o período de postulantado, que dura pouco mais de quatro meses.

O postulantado busca oferecer aos jovens uma experiência ainda mais profunda do estilo de vida do noviciado e, também, a vivência do apostolado nas seções do Regnum Christi mais próximas, de forma que a decisão de iniciar a vida religiosa na congregação seja fruto do Amor a Cristo e de uma grande atração pelo carisma.

De acordo com o documento Christus Vita Vestra, a etapa do candidatado “requer serenidade, espírito positivo e liberdade interior para discernir e deixar-se modelar com docilidade em vista de uma nova forma de vida. É um tempo privilegiado para conhecer a experiência do jovem com Cristo, do seu desejo de pertencer a Ele por completo, do seu desejo de trabalhar pela salvação dos homens, da atração pela vida fraterna ou outros motivos semelhantes que Deus vai purificando no caminho”.

O documento também fala sobre a importância da identificação com o carisma dos legionários e do Regnum Christi. “Deve-se prestar especial atenção à generosidade e disposição para viver o espírito da Congregação e do Regnum Christi, a vida em comum e o desejo de realizar os apostolados próprios do carisma. Todos estes elementos se desenvolvem em um ambiente de fraternidade, de acompanhamento dos formadores e de convivência com os irmãos noviços que lhes introduzem à vida religiosa com seu testemunho de serviço e caridade”, detalha.

A formação religiosa e sacerdotal do legionário de Cristo é uma resposta de amor: «encontrei o amor da minha alma» (Cant 3, 4). “Supõe-se, portanto, uma colaboração com a ação de Deus, através do Espírito Santo, que infunde em nossos corações os mesmos sentimentos de Cristo. Assim como viveram os doze apóstolos na companhia de Cristo, os legionários assumem sua formação, essencialmente, como uma relação vital, pessoal e transformante com o Senhor, até o ponto que formar-se significa «aprender a dar uma resposta pessoal à pergunta fundamental de Cristo: me amas?» (Jo 21, 5)”, conclui o documento.

Para mais informações:

Promotor Vocacional dos Legionários de Cristo no Brasil: Pe. Danilo Stradioto, LC – dtradioto@legionaries.org ou acesse o site: www.legionariosdecristo.com.br

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here