Ordenações Sacerdotais 2023: “Já não vos chamo servos, os chamo amigos” (Jo 15, 15)

0
2541

Neste sábado, 29 de abril, 29 legionários foram ordenados sacerdotes na Basílica de Santa Maria Maggiore, em Roma, em uma cerimônia que foi celebrada pelo cardeal Fernando Vérgez, LC, presidente da Comissão Pontifícia para o Estado da Cidade do Vaticano e do Governo do Estado da Cidade do Vaticano. Os novos sacerdotes que foram ordenados após 12 anos de formação, são originários da Alemanha, Brasil, Canadá, Chile, Coreia do Sul, El Salvador, Espanha, Estados Unidos, Itália, México e Venezuela.

Os novos padres brasileiros são: Celso Júlio da Silva, João Paulo Jäger, Flávio Lopes de Oliveira, Sérgio Rafael Mourão da Silva. Além disso, também foi ordenado Pablo Lorenzo-Penalva del Pozo, espanhol que trabalha em Brasília. E, no último dia 22 de abril, foi ordenado o brasileiro Ricardo Patah, em São Paulo. 

Ricardo Calzada Garay, Andrés José Poblete Madrid, Aarón Ríos Galindo, Alán Israel Ríos Galindo, Luke Matthew Gill, Saúl Alejandro Gutiérrez Carrillo Joel Alberto Ruiz Villarreal, Joseph Marc André Blanchette, Michael Canzian, Josef Oscar Babuin, José Gustavo Cerros Rodríguez, Miguel Agustín Esponda Sada, Manuel José Frutos Jiménez, César Alejandro Gálvez Acosta, Min Ho (Stephen) Cho, Rodrigo Fernández de Castro de León, José Eduardo Gorocica Rangel, Carlos Javier Ruiz Silva, Matthew Bridgeman Bender, Brasile Carlos Valenzuela Aguilar , Christian José Ivandic, Markus Stehmer, Sérgio Rafael Mourão da Silva, Thomas Edward White e Salvador Alejandro Arellano Gutiérrez são os demais sacerdotes que servirão a Igreja.

O Pe. John Connor, LC, Diretor Geral dos Legionários de Cristo, compartilhou que “como diretor, me enche de esperança ver esses nossos irmãos chegarem a esse momento. Dou graças a Deus e felicito cada um deles, as suas famílias, os seus formadores, e rezo para que o dom que recebem hoje na ordenação se torne fecundo ao longo do seu ministério sacerdotal”.

O Pe Savio Zanetta, LC, Reitor da comunidade de teologia da sede da Direção Geral, disse que “Como reitor, é uma alegria ver estes irmãos que, depois de vários anos buscando o rosto do Senhor, seguindo-O como discípulos, finalmente vieram unir-se ao Senhor desta maneira especial através do sacramento da ordenação. De modo especial neste período pascal, onde celebramos que o Senhor está vivo e onde a liturgia nos recorda aquela grande realidade esperançosa de que o Senhor está no meio de nós. Este é o nosso desejo, portanto, que também eles sejam este instrumento para aproximar as pessoas como pontífices entre Deus e os homens, que aproximem as almas de Deus que está no meio de nós e, por isso, também confiamos a sua perseverança e fervor à Virgem Mãe de Deus, para que ela os acompanhe e guie no seu ministério sacerdotal”.

Por sua vez, o reitor do Colégio Internacional dos Legionários de Cristo, em Roma, Pe Ignacio Sarre, LC, referindo-se aos recém-ordenados, disse que “é uma bênção que nossos irmãos recebam o dom do sacerdócio cercados por suas famílias de sangue e pela família do Regnum Christi e tantos amigos, porque o sacerdócio só tem sentido na comunhão com outras vocações. Somos sacerdotes para eles e com eles caminhamos na fé”.

O Pe. Christopher Brackett, LC, ex-reitor do Colégio Internacional que acompanhou alguns dos recém-ordenados em seus últimos anos de formação, ressaltou que “nos faltam palavras para expressar o que vivemos em cada ordenação sacerdotal, o mistério, o dom, a generosidade daqueles que são ordenados, mas também de seus pais em colocar nas mãos de Deus a vocação de seus filhos. Hoje, sem dúvida, o coração se enche de alegria ao vê-los chegando ao altar prostrando-se diante de Deus para receber a ordenação. É um mistério da graça de Deus”.

Em sua homilia, o cardeal Fernando Vérgez, LC. lembrou aos candidatos que a identidade do sacerdote segundo o Coração de Cristo se baseia na consciência de ser escolhido por Deus entre os homens para continuar sua obra de redenção entre seus irmãos e irmãs no mundo. Salientou, também, que são instrumentos da misericórdia divina, para que, através da Eucaristia e dos sacramentos, chegue ao mundo a salvação que é obra de Cristo e sua paixão, morte e ressurreição. Concluiu recomendando que sejam, ao longo da vida, acompanhados pela Cruz e pela presença da Virgem Maria.

Concelebraram com o Cardeal Fernando Vérgez, LC, os Bispos Brian Farrell, LC, secretário do Dicastério para a Promoção da Unidade dos Cristãos; Rolandas Makrickas, bispo titular de Tolentino; Faustino Armendáriz, bispo de Durango e Juan María Huerta, OFM, bispo prelado de El Salto. Mais de 150 sacerdotes também concelebraram a Eucaristia.

Após a cerimônia, os recém-ordenados compartilharam com suas famílias e comunidade no Colégio Internacional dos Legionários de Cristo.

 

 

Mais de uma década de formação para ser ordenados como sacerdotes

O caminho formativo dos legionários de Cristo antes da ordenação tem uma duração de 12 anos, nos quais vão discernindo se é o caminho que Deus quer para eles. Eles se formam em Humanidades, Filosofia, Teologia e fazem as práticas apostólicas em diferentes países do mundo.

A Congregação dos Legionários de Cristo, que forma parte do Regnum Christi, está formada por 1338 Legionários: 4 bispos, 993 sacerdotes, 281 religiosos em formação e 59 noviços.

Além disso, a Congregação está presente em 21 países, organizada em 9 territórios e 2 delegações. Conta com 10 sedes de governo geral ou territorial, 89 comunidades de apostolado, uma de filosofia, 2 de teologia, uma comunidade de sacerdotes estudantes em Roma, um centro de humanidades nos Estados Unidos, 5 noviciados e 9 centros vocacionais. Conta também com um Seminário Pontifício Internacional em Roma e um Seminário Interdiocesano Maria Mater Ecclesiae e Instituto Teológico em São Paulo, Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here