Segunda nota informativa do Capítulo Geral 2020

0
398

Segunda nota informativa do Capítulo Geral 2020

25 a 30 de janeiro

A nota anterior informativa do Capítulo Geral 2020 (que acontece em Roma, desde o dia 20 de janeiro) mencionava a resolução unânime dos padres capitulares sobre a necessidade de dedicar todo o tempo necessário para aprofundar nos “relatos e nas experiências das vítimas, assim como o Informe 1941-2019 recentemente publicado”. O capítulo concretizou essa decisão de várias maneiras.

Em primeiro lugar, os membros da Comissão de Casos de Abusos Sexuais do passado expuseram seu informe aos padres capitulares: o trabalho realizado, o método aplicado, a descrição do fenômeno e as diversas respostas aos casos de abusos sexuais ao longo da história da congregação.

Em seguida, os padres capitulares dedicaram tempo de reflexão a uma série de recomendações oferecidas pela mesma comissão.

No dia 28, os padres capitulares tiveram uma jornada de estudos e a oportunidade de escutar o testemunho de duas vítimas de abusos sexuais, uma delas especializada em justiça restaurativa e a Dra. Esmeralda Garrido, especializada em psicologia infantil. Ambos os testemunhos ajudaram aos padres a terem consciência da profundidade das feridas e dos danos ocorridos a uma pessoa que foi vítima de abusos sexuais. As vítimas também compartilharam possíveis ações e respostas  pessoais e institucionais, que podem contribuir ao processo de reconciliação e de trato com as vítimas diante das feridas causadas.

Por outro lado, o Pe. Hans Zollner, S.J, secretário da Comissão Pontifícia para a Proteção de Menores e presidente do “Center for Child Protection” da Universidade Gregoriana compartilhou, por videoconferência, uma intervenção sobre a urgência pastoral de sair ao encontro das vítimas como parte essencial de ministério sacerdotal da Igreja hoje.

Todos esses momentos foram acompanhados de espaços de reflexão por grupos e oração, e têm levado ao reconhecimento, por parte dos padres capitulares que, além de enfrentar os casos e responsabilidades do passado para fazer justiça às vítimas, é necessária uma mudança de mentalidade, dos modos de proceder e de uma cultura institucional que causou tanta dor.

No dia 29, pela tarde, o Pe. Eduardo Robles-Gil, LC, Diretor Geral da Consagração dos Legionários de Cristo, foi convidado para participar da Assembleia Geral dos Leigos Consagrados do Regnum Christi, que se iniciou neste dia. Os demais padres que participam do Capítulo Geral dedicaram esse tempo para o estudo pessoal, apresentação de alguns temas da história da congregação e trabalhos por comissões.

Saiba mais: 

Veja a nota original em espanhol: https://legionariosdecristo.org/nota-informativa-2-del-capitulo-general-2020/

Saiba mais sobre o Capítulo Geral e quem são os padres que trabalham no Brasil que participam: https://regnumchristi.com.br/veja-quem-fara-parte-do-capitulo-geral-dos-legionarios-de-cristo-da-assembleia-geral-das-consagradas-e-dos-leigos-consagrados-que-acontecem-em-roma/

Informe 1941-2019: https://regnumchristi.com.br/radiografia-de-oito-decadas-para-erradicar-o-abuso/

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here